vem para fora


Uma voz forte e incisiva
Clama: “Vem para fora”!
O amor divino que aflora
E tira as faixas, que da morte
Envolvem o corpo e a alma,
Da fria e escura lápide inerte!
O Mestre de Nazaré que
Chama-te à vida e
Por amor te convida:
“Vem para fora”! “Vem para a vida”!
Sai desse túmulo e viva...
Sai da prisão do pecado,
E vem à liberdade de amado...
Sejas um Lázaro que sepultado,
Ouve o chamado do seu Senhor;
Chamado a viver no seu amor!
Ouve o chamado do Mestre
“Vem para fora”... Volte à vida!
Sai para a luz e deixes a escuridão
E as amarras que te prenderão!
Confie Nele que te liberta e abre
As portas do teu túmulo ordenando-te:
“VEM PARA FORA”!



Jose Alfredo

Exibições: 14

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Renato Baptista em 12 maio 2020 às 19:25

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço