Sopro de amor

Leve brisa suave neste domingo acaricia-nos...
Um sopro do amor divino envolve-nos...
Nesta manhã ensolarada de céu azul reluzente
No sol, que aquece, e, nos dá alegria e paz!

“DÓMINUS” – Dia do Senhor”! Que, todos
Parem suas atividades!... Voltem-se a Ele!
Louvem-No... Exultem-No... Com gratidão!
Pois Ele plenifica o nosso coração!

No sétimo dia Ele terminou a criação e descansou!
Na semana cumprimos as missões, e, no domingo
“Paramos para o descanso”, e, a Ele louvarmos!
Oferecemo-nos a Ele para O amarmos!

Brisa suave e fresca sopra nos jardins de Deus...
Traz-nos viço à vida, e colore-nos como flores
Que encantam seus jardins no éden terreno!
Ele sopra vida e amor sobre Seus amores!

Seu sopro de amor é com todo o fulgor, o
Combustível de vida, que convida à eternidade
Junto à Sua glória como Senhor da história!

Jose Alfredo

Exibições: 3

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

</

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço