Ser Poeta

Enraizadas nostalgias universo do poeta assolam.
Carregado de lembranças – evocativas reminiscências- fantasmas do pretérito...
Cativas esperanças nos esplendores das madrugadas vislumbradas – soturnas travessias das horas...
No íntimo do silêncio versos constrói – exaladas rimas - fragrâncias da Natureza.
Sonhos mortos revivem, luzentes, nos cânticos do trovador.
Ser poeta é desbravar nas indagações da vida , sinfonias dos céus, pelos anjos entoadas...

_Ser poeta é peregrinar pelo mundo das ilusões..._

Marilândia

Exibições: 12

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo