Saudade...

 

Saudade não tem plural.

Eu descobri isso e dou viva,

Porque ela é algo tão grande

Que se fosse mais de uma,

Ninguém resistiria.

É uma coisinha que aperta,

Emudece, mata bem mortinho

Tudo o que sobrou da gente.

E todo mundo sente saudade.

Saudade da infância, dos brinquedos

Daquela casa bonita e atrativa

Onde a gente passava os Natais,

Dos passeios aos domingos,

Dos nossos avós,

Saudade daquela menina linda

Que não deixava a gente dormir...

De tanta saudade.

Eu tenho saudade...

Lembro-me do meu mundo

De tempos atrás.

Como era bom correr

Livre e despreocupado,

Esperar Papai Noel e

Cuspir de boca cheia na cabeça

Dos que passavam

Lá em baixo na rua.

É um devaneio.

A gente vai indo, indo, pensando,

Recordações e mais recordações

E aí bate aquela vontade enorme

De voltar no tempo

E começar tudo de novo.

Nesse retrocesso,

a gente esquece a realidade

e de repente um choque...

Estamos calados

Com a boca seca e

O peito apertado.

Foi ela...

...A sangrenta saudade

Está dilacerando o peito

E balançando a nossa cabeça.

E por fim, esboçamos um sorriso

No canto dos lábios e

A vida continua.

Daqui a pouco, ou

sei lá quanto tempo,

estarão sentindo saudade

de mim e de você.

Aí sim, a vida continuará

Guiada pela

Saudade plural.

 

Renato Baptista

Saudade é um substantivo abstrato, portanto não pode ser numerável...

Exibições: 102

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Ana Pires Brandau em 29 junho 2017 às 18:07

Saudade corrói
e não se sabe onde dói!

Comentário de Maísa Cristina Vibancos (Pupila) em 15 setembro 2016 às 16:30

A palavra saudade será sempre plural ao olhar de quem a sente. Lindos, emocionantes e esclarecedores versos!!!! Adorei, Renato! Beijos poéticos.

(pode aparecer no plural quando se quer enumerar o tipo de saudade ou intensificá-la...como uma licença poética.)

Comentário de Paula Belmino em 6 setembro 2016 às 22:24

A saudade é sempre a soma de tudo

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo