Sanguinário Tempo

Sangram-me as olheiras
Ao descerrar sobre mim
Mórbida penumbra...

Destarte,
N'alma silenciosa e compassiva,
Percorrendo o deserto mais sombrio
Sob vastidões pressagas,
O teu nome resplandece
Escrito com a seiva da paixão proscrita...

Marilândia

Exibições: 7

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Marilândia marques Rollo em 18 novembro 2017 às 8:23

Agradeço de coração, querida. Bjs. de luzes.

Comentário de Jullie Veiga em 18 novembro 2017 às 8:18
A tua escrita é envolvente.
Parabéns! Amei te ler.

Editora Casa da Poesia

         À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo