RETRATO DE UMA AUSÊNCIA

Tantas e tantas vezes as vontades
Que a mim reveste por além dos sonhos
Desnudados lumes de ansiedades
Em turbulências e burburinhos

Tais quais máscaras e canções perdidas
Que tua ausência pintou de sedução
Ilusões totalmente inebriadas
Encobrem alucinada comoção

Na doçura desses meus sentimentos
Quando somente o inverno me aquece
Descubro horizontes, vazios momentos

Continuando à procura da ausência
A dedicação remota arrefece
Numa subliminar in_consequência

Marilândia

Exibições: 9

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço