Numa folha de papel em branco
Fiz de ti, poesia
Versos concebidos em silêncio
Total ausência de grafia
Segredos que não ouso revelar, nem dar vida
Pois de antemão já sabia
Que no papel não caberia.
Sem registro, sem mágoa
O coração verseja.
Olhar fixo no vazio
Retiro o véu.
Imaginação solta,
Poema pronto
Escondido na branca memória
De uma folha de papel.

Zezinha Lins

Exibições: 12

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Zezinha Lins em 13 novembro 2017 às 10:53

Obrigada, querida Ângela! Beijinhos!!

Comentário de Angela Regina Lazzari em 13 novembro 2017 às 9:23

Muito show!!!! Parabéns Zezinha!!! Beijos.

Comentário de Zezinha Lins em 12 novembro 2017 às 21:46

Grata, minha querida!!! Beijinhos!!

Comentário de Marilândia marques Rollo em 12 novembro 2017 às 15:24

Excepcional!Como sempre!Parabéns!

Editora Casa da Poesia

         À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo