ÍNTIMOS RECATOS

Como que no Azul plangem e choram
Sentimentalistas recordações,
“Metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade não sei...”

Dentre a vertigem narcótica de aromas
Lembranças apagadas em íntimos recatos,
Talvez!

Dessarte,,
Sob níveo sacrário de Saudades,
Lembrando sombras de um luar
Que se esvai,
Erram no espaço lânguidos clarões
Aureolados por grinaldas de cismares ermos...

Marilândia

Exibições: 4

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço