Há sentimentos presos em minha pele,
Revestida de luares e sol.

Luz encarnada de ventos,
E mistérios jamais desvendados.

Encantos inaudíveis, coloridos,
Soltos à mercê,
Nas margens incongruentes de cada esquina onde passo.

Sei da precariedade deste espaço,
Silencioso,
E da festa de pássaros a entoar músicas.

Tenho reflexos inquietos,
D’uma voz que me olha por inteiro,
Que me disseca a alma,
E que me traz o teu semblante afável,
Em tua presença vindoura.

O dia retorna em tons cerúleos,
Retendo nas palmas das mãos um pedido confesso,
De que não demores com tuas palavras,
Com teus gestos meigos.

Há urgência em tua vinda.

Há urgência para que eu feche os olhos.

Para que eu Sorria.

E te beije feliz!

Angela Lazzari

(Aos doze dias do mês de Setembro de 2019).

Exibições: 43

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de maria jose zanini tauil em 12 setembro 2019 às 22:34

Maaavilhoso!!!!

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço