Que a vida prevaleça

Que não esperemos a sorte

Que a Graça de Deus resplandeça
Que nada nos atemorize, nem mesmo a morte!
 
Que haja mais amigos e menos juízes
Que os corações sejam mais hospitais e menos tribunais
Que os dedos que apontam com rigor, sejam substituídos por mãos estendidas...
 
Que a compaixão pelos que sofrem, mobilize nossas atitudes, na jornada dessa vida...
 
Que a língua não seja instrumento de depreciação
Que lembremos sempre que amanhã, poderemos carregar em nós, a chaga que hoje, criticamos no nosso irmão!
 
Que o outro, não seja apenas um outro na multidão...
 
Que a Fé, a Gratidão e a Compaixão, crescendo em cada um de nós, desate os nós que nos desunem
 
E que a Luz se faça em meio a escuridão! 
Feliz Ano Novo! (Andreia Jacomelli)

Exibições: 51

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço