Como água e óleo

Uma jamais se mistura à outra.
Com a sabedoria a visão de
Separação daquilo, que, não mistura!
O bem, a inteligência, a ética, e, a moral
Pela fé, jamais se misturam na
Alquimia da vida! Sobretudo na razão,
Que, o Criador inspira pela sua Palavra!
Na confusão das humanas ideologias
Nas limitações de suas concepções,
A ausência da sinergia entre crenças
Esconde verdades, misturam mentiras...
Na sua alquimia, enches a taça de
Entulhos sujos de pecados, que,
Jamais vão se misturar ao óleo da
Graça, e, bênçãos, que, lhe são dadas
Graciosamente pela divina misericórdia!
Quando tomares o cálice da remissão,
É certo, que vais tomar da tua salvação...
A perdição fora separada como água suja...
Que, não se misturou ao óleo santificador!
Como divina unção o óleo da cura, e, remissão
Unge a vida de quem pela fé a busca!

Jose Alfredo

Exibições: 4

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

</

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço