Geleira do amor

O amor quando esfria leva a emoção
Ao inverno congelado da indiferença
Geleira inóspita de tanta descrença!

Coração descoberto à mercê da brisa fria
De vento cortante de todo o amante!
De gélidos suspiros e doidos gemidos!

Amor congelado... Dureza de coração...
Inverno e romance em abstração!
Corpos separados pelas brumas do frio!

Sentimentos calafrios em mares bravios
Ausência de suspiros... Romance em retiro!
Amor nas geleiras dum romance desvario!

Brasas apagadas... Lareiras desativadas
Praias sem pegadas... Amor em retirada!

Jose Alfredo

Exibições: 1

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

</

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço