CORTINA DO TEMPO

Que num fundo de astral melancolia
E dentre a cadência da vida ,
Nuances de tons
Em performance de beleza
Inundam de fragrâncias e de matizes
As fímbrias degradé
Das lembranças idas...

Assim,
Povoadas de sonhos, fadas e lendas
Madeixas de longeva trajetória
Reluzem meigamente, descerrando a cortina do Tempo...

Marilândia

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo