ARREBATAMENTO

Sorrindo a céus
Que vão se desvendando,
Rasgas céus e terras, imensidades
Escravo dos mais puros sentimentos...

Como chamas que sobem
E que se apagam,
Numa auréola i_mortal de fantasias,
Desejos pairam nas almas,
Iluminando lânguidos rugidos...

Marilândia

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

 

Antologia - Volume 5......

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo