Sempre achei que o amor é o caminho da redenção. Assim como o sol se dá sem retribuição, a doação de quem ama é sol que se irradia e supera tudo, em qualquer plano , qualquer degrau da subida ou descida de uma paixão. Amor é sintonia .Amei-te desde o primeiro instante, achava que quem ama aprende o segredo da grande iniciação, evolui física e espiritualmente.

Reconheço com sinceridade que pensava ser amada no pleno sentido da palavra. Percebia em mim um motor interno, que mobilizava energias, me capacitando a ser única e desejável. E esse amor se manifestava em cada palavra que dizia, em cada gesto, em cada verso que escrevia. Pensei que jamais me ouviriam dizer: "Esgotou-se o amor em mim".

Do mesmo tamanho do amor é esse ódio que sinto agora! Não te bastou meu amor tão sincero, minha doação total. Não eras diferente dos outros...dizias me amar e me traíste covardemente! Como pôde? Que amor é esse?Por que os homens são assim? Juro que muito te odeio agora!

Mas, se por acaso, eu expressar o que me vai na alma, se voltar a dizer “ te amo”, ou se implorar: “Fica, meu amor... eu te perdoo!”- por favor, interne-me! Coloque-me uma camisa de força!

Certamente, enlouqueci!

Exibições: 25

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo