Mensagem a Mim Mesma

Perdida na fosforescência
Das águas-marinhas
De esperanças,
Ardendo em choros
Com um semblante
Sempre mais angustiado
Do que a própria vida,
E
Esculpida de atrozes memórias ,
Fiel à lei de cada instante,
Numa (ir)remediável melancolia,
(Des) emaranhando brancos de luzes
Nos meus cabelos...

Marilândia

Exibições: 8

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Marilândia marques Rollo em 10 dezembro 2019 às 7:56

Realidade explícita, minha amiga querida.Bjs.

Comentário de maria jose zanini tauil em 9 dezembro 2019 às 21:29

Doce , nostálgica e poético. Um autorretrato de cada uma de nós. Só envelhecem os que vivem, mas é triste envelhecer. Beijinhos!

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço