UM ANO SEM AMOR
(Genaura Tormin)

Lembranças de um tempo que ainda eclode no meu coração desavisado e ainda tão machucado! Eu não fui avisada. Não houve acordo nem aviso prévio e nem despedidas!
Tudo, tão de repente! Sem recomendações, sem agendamentos!
Simplesmente uma ida sem volta, uma janela aberta e uma saudade eterna.

E o tempo célere contabiliza os dias.
Já faz um ano que esse amor partiu para não mais voltar! O meu marido!

Meu parceiro de tantas jornadas!
Eis-me sem dono e sem companhia!
Eu não me formei em solidão!

Não tinha essa matéria no meu currículo.
Minha casa está grande e fria! Estamos no outono!
As flores murcharam, caíram ao relento do frio, do vento, do tempo e do meu coração ferido.

E aqui estou eu!
Resta-me seguir!

Há uma grande fila indiana, na qual há muito estamos listados, de mochilas às costas para o embarque.
O que alenta é que não há finitude nesse processo, mas apenas transição.
Somos eternos!
A farda de carne perece, como uma veste gasta e obsoleta que deixamos pelo caminho.

Assim, o espírito, feito uma borboleta, alçou seu voo ao infinito de onde partiu um dia, aportando em terras brasilianas, especialmente para que eu seguisse com ele nesse jornadeio de experiências e crescimentos.
Sou agradecida!

Acredito que crescemos e propagamos a espécie!
Meu lema é foco, força e fé!
Sigo resoluta e firme!

Hasta luego, meu amor!

Exibições: 31

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Lucicleide Alves em 7 maio 2018 às 0:04
Palavras tão lindas direcionadas ao um amor que foi, que atendeu ao chamado de Deus. E que contigo ficaram as lembranças de tudo que ele representou para você. Muito emocionante! E que bom que você tem um foco em sua vida. Parabéns!
Comentário de maria jose zanini tauil em 1 maio 2018 às 17:54

Lindo e emocionante, querida. Teu cúmplice, companheiro fiel de tantos anos, teu braço direito. Os filhos se vão e o ninho está duplamente vazio. Mas que riqueza de lembranças! Elas farão a ausência sempre presente! Que Deus te abençoe! Meu beijo!

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo