Paixão

E no meio do caminho, a gente vê nascer um sentimento que queima, que atordoa, que entorpece e nos eleva ao céu em fração de segundos.
Perde-se o limite de tudo e o coração acelera, o peito treme, a alma vibra e os desejos afloram de forma incontida.
Percebemos então que o nome disso é Paixão, porque é ela que...

... nos beija e nos abraça
como um perfume que fica no ar
aquela essência que fica na roupa
cheiro que fica no corpo inteiro
são beijos que ficam nos lábios
abraços que ficam colados no peito
toques que ficam impressos na pele
voz que permanece na alma
e olhar que acaricia o coração...

... a paixão fica tatuada, eternizada
não como um breve momento
mas como sensação igual
a que temos quando respiramos
para conseguirmos viver.

Renato Baptista

Exibições: 16

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de maria jose zanini tauil em 9 abril 2018 às 23:14

"são beijos que ficam nos lábios..." há os que ficam por anos e anos. Uma tatuagem invisível que se sente a presença e o sabor. Lindo!!!!

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

VEM AÍ !!!

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo