Mãos do Tempo

A quebrar o mutismo lúgubre das noites
Nos tesouros guardados nas pás,
Balbuciando no enredo do existir,
Versos de angústias,
Em saudades tantas...

Assim,
O mundo girando a suas voltas,
No silêncio das folhas mortas,
Secretas e sutis melancolias...

Marilândia

Exibições: 5

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de maria jose zanini tauil em 21 março 2018 às 19:35

Lindo!

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

VEM AÍ !!!

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo