.
.
.
.
.
.

(....sempre que a Poesia fala, os anjos dizem Amém...)
.
.
.
(...sempre que a Alma sobrevive, o Amor vai Além...)
.
.
.
.
.
.
.
.
Quero de ti um olhar iluminado,
Que transborda segredos e sons,
Para esse amor escolhido,
Escrito entre os dedos,
Numa folha qualquer, com tinta em carmim.

Adormecer-te em minhas levianas fantasias,
Virando-me do avesso, tateando lembranças,
Muito além das marcas, que o tempo guardou.

Quero de mim o serenar do coração,
Sem fazer-te reservas.
Temperando a vida no sal da minha boca,
Num abraço de promessa, em que brilha o tom suave da lua.

Quero da vida, o ofertar da tua rosa formosa,
Que me enfeita de poesia e prosa,
Que me encanta, perdida, em teu jeito tão carente,
Com rimas perfeitas, no cair do sol poente.

Quero roubar-te os sonhos noturnos,
Perfumar a tua alegria,
Escrever uma ode à alegria,
Resguardar em mim, teu corpo como alegoria.

Quero olhar-te através das estrelas,
Esculpir-te no espelho da minha alma.
Tocar a tua essência, em extasia e calma,
Esperar-te saudosa, pela fresta oculta da minha janela.

Transbordar-te de palavras numa única prece,
Ajoelhar-me sem pressa, diante da solidão.

Quero sorrir-te.

Sentada na varanda,
Compondo um verso,
Dedilhando um violão,
Cobrindo-te de Amor.

Paraíso.
Eterna canção.

Angela Lazzari

(Aos vinte dias do mês de Agosto de 2017).

Exibições: 21

Comentar

Você precisa ser um membro de Casa da Poesia* para adicionar comentários!

Entrar em Casa da Poesia*

Comentário de Paula Belmino em 27 agosto 2017 às 17:59

Lindo demais!

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

VEM AÍ !!!

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo