Blog de Angela Regina Lazzari (142)

*Turva Recordação*

Morri em nome do teu nome,

Nas curvas nodosas da tua ausência..

Sempre vivi antes de ti,

Depois, esperei entre lembranças.

Antes,

Neguei conhecer-te,

Abrir as janelas que a minha alma tanto suplicava.

A retina ficou turva,

E o abismo escuro mostrou-me os dentes.

Depois,…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 3 junho 2019 às 22:55 — 1 Comentário

*Ausência - por não suportar*

Fizeste-te ausente o bastante,

Para que a tua falta já não mais a sinta.

Prolongaste-a por tanto tempo,

- Jogando-me ao vento por infindáveis dias,

Que meus olhos acostumaram-se,

- Secaram-se,

Ao brilho dos teus.

- Morri por séculos.

Nessa espera maçante,

- Arrastada apenas em fé.

-…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 22 maio 2019 às 20:52 — 1 Comentário

*Hoje - retrato falado*

Sou-me,

Por tantas vezes,

Impotente.

- Diante do próprio sonho.

- Diante do próprio choro.

Abraço a minha alma ferida.

- Dispo-me de qualquer fantasia.

- Rompo o fio condutor.

- Não me levará a lugar algum.

Dispenso a tua boca.

- Oca.

- Seca.

Já não há mais ecos em teus…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 21 maio 2019 às 13:32 — 1 Comentário

*Irremediavelmente*

O tempo não presenteia resgates.

O aceno fechou-se na palma da mão.

As horas, minutos e segundos suspenderam o olhar.

Nada trará, ao instinto, cruel em demasia,

Palavras omissas.

Furtivas.

Hoje sei,

E como sei,

Que asas quebraram-se,

Envelheceram,

E o voo…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 12 maio 2019 às 15:15 — 1 Comentário

*Diz-me - do Teu jeito*

Diz-me,

- Sem que precises de muitas palavras,

Das mágoas que te ferem a alma,

Das tristezas que te invadem o caminho.

Diz-me,

- Com calma.

- Num apelo da tua alma.

Tens em meu colo,

O teu ninho.

Diz-me,

- Mesmo que os teus olhos estejam úmidos,

Desta enormidade de…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 9 maio 2019 às 21:58 — Sem comentários

*Arrastar - do Tempo*

A vida retardou-me os ponteiros do relógio.

Atrasamo-nos.

Perdemo-nos.

O peito,

Num mudo calafrio,

Desassossegou.

- O tempo parou.

Fingimo-nos únicos.

Tropeçamos nos sonhos.

Iludimo-nos.

Enganamo-nos.

Acreditamos em nossas próprias mentiras.

- Envergonhei-me,…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 8 maio 2019 às 21:21 — Sem comentários

*Palavras não ditas*

Há sempre um luar.

Provindo dos teus olhos.

Pacíficos.

Nítidos.

Luz diante da escuridão,

Em tudo transborda uma razão.

Há sempre um apelo.

Vertido de tuas mãos.

Inquietas.

Incertas.

Gesto precipitado.

Por ti, deveras calculado.

Há sempre um mistério.

Viajante.…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 29 abril 2019 às 22:12 — Sem comentários

*Silêncio (num murmúrio)*

Permita-me confessar,

Dessa imensa ternura que esvai dos teus olhos.

Dádiva Divina.

Permita-me entristecer-me,

Com esse meu rosto entorpecido,

Que para ti flui um sorriso largo,

Tornando o mundo menor do que os meus vagos anseios.

 

Permita-me silenciar a minha boca,

Nessa dor…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 28 abril 2019 às 23:00 — Sem comentários

*Existência (dos teus olhos)*

Há uma grandeza de sentidos,

A cada rosnar,

Em presença da dor.

Há uma leveza de sonhos,

A cada fuga,

Em gestos de medo.

Há uma brandura no peito,

A cada presença sutil.

Em virtudes do bem.

Há generosidade,

Cumplicidade,

Afinidade.

Há tantas…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 21 abril 2019 às 18:54 — 1 Comentário

*Leveza (quando em ti)*

Ao toque do linho suave,

A testemunha daquilo que se reparte.

Entre tantos sons nossos,

Faz-se o despertar.

E nessa intimidade do verbo entoado,

Tantos segredos s’escondem…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 20 abril 2019 às 22:40 — Sem comentários

*Miudezas (em palavras)*

Do que verte por entre os meus dedos,

Tão inconsequentes,

E irreverentes,

Subtraio esta candura desenhada em tua face.

E em mim desabrocham palavras,

Sussurram alentos.

É tanta a tua suavidade, em palavras,

E sentimentos,

Que a alma palpita sublime,

Esmiuçando verbos e versos,…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 19 abril 2019 às 23:47 — 1 Comentário

*Oração (num só verbo)*

Por ti,

Penitencio os meus dias,

A pão e água,

No jejum da falta que o teu sorriso me traz.

Por ti,

Dilacero o peito,

Num fardo de dor.

E reverencio a cruz que carrego por este amor.



Enclausuro em fé,

Todas as promessas não cumpridas,

Toda santificada oração.

Que alivia o meu…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 13 abril 2019 às 13:49 — Sem comentários

*Poesia em Ti*

Traz-me ao peito um poema único,

Porque ao fazer-te canção, embebo-me de mel e esquecimento.

Ao olhar-te com meus olhos acesos de lume,

Torno-me flor em viço, perdendo-me em pensamentos.

Traz-me à alma um sorriso teu,

Onde me desnudo por inteira,

Pois ao te chamar entre tantas palavras sentidas,

Verto ao…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 12 abril 2019 às 0:37 — 3 Comentários

*Querer (no plural)*

Quero da madrugada,

A maciez de tuas mãos pueris,

Desabrochantes de sabores,

Nas nossas sensações íntimas,

Temperando os dias.

Quero do cheiro,

Este, do amor acontecido,

Da loucura insensata,

Na visão primorosa da vontade.

Da voz,

Tatuar o teu desenho,

Feito partituras que teus…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 10 abril 2019 às 21:30 — Sem comentários

*Quando tu vais*

Quando tu vais,

Deliberadamente,

Apoderado do teu silêncio,

Meus olhos fingidos te acompanham.

Fecho-os num voo tumultuado,

Flagelo orações dentro do peito,

E tentando atingir o meu nirvana interior,

Invento sentir a tua mão adentrada à minha.

Doce mentira.

Meu perfume sórdido atrelado à…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 10 março 2019 às 15:20 — 1 Comentário

*Corpo Nu*

Nada mais quero que a singeleza do teu abraço,

Neste meu corpo nu e santo que a ti faz-me devota.



Tua verve poética enaltece os meus lábios molhados,

E teu jeito imperdoável me transfigura as vestes,

Que se rasgam e se abrem às tuas confissões.

Fica subtendido entre as tuas palavras e o meu silêncio,

Todos os…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 9 março 2019 às 11:30 — Sem comentários

*Un poema* (*Um poema*)

"Vorrei poterti amare e ripeterti in me stesso,

In un verso scritto da te. Infinitamente.

Non conoscendo le parole che intendi usare, Mi volto, in te, Un Poema. "…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 17 fevereiro 2019 às 10:00 — Sem comentários

*Há nos olhos, um brilho de lua*

É lá, onde um raio de luz toca o infinito,

Que meu abraço abraça o azul irreverente do mar.

Da fonte donde brotam águas vivas,

Tenho como presente a…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 9 fevereiro 2019 às 11:41 — Sem comentários

*Herança*

Deixarei para ti, em meu relicário,

O som orvalhado das minhas memórias.

Gravarei como oferenda o tempo dos risos,

O vinho não tomado,

Minha imagem,…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 8 fevereiro 2019 às 17:00 — Sem comentários

*Chuva na Vidraça*

Quando tagarelas coisas insensatas,

Mas que te juro, presto atenção a tudo,

Sinto teus olhos estendidos,

A tocarem a minha alma,

E as coisas mais simples acontecem.

Cada pedaço de minhas entranhas,

Ficam despertas, ao sinal do beijo mel esperado.

A cada palavra que dizes,

Conto os segundos como…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 7 fevereiro 2019 às 17:27 — Sem comentários

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço