Todas as mensagens do blog (1,645)

Há versos a navegar

Adicionado por maria jose zanini tauil em 12 dezembro 2017 às 22:00 — Sem comentários

Tempo de Amor e Reflexão

Tempo de Amor e Reflexão

Estrela a se acender…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 12 dezembro 2017 às 7:48 — Sem comentários

Crepúsculo da Poesia

Crepúsculo da Poesia

Poéticas tardes do colorido de sol vestidas...…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 12 dezembro 2017 às 7:39 — Sem comentários

Dá um sopro de vida ao teu poema!

Adicionado por maria jose zanini tauil em 11 dezembro 2017 às 22:00 — Sem comentários

Versos inebriados de ternura

Adicionado por maria jose zanini tauil em 11 dezembro 2017 às 22:00 — Sem comentários

Mundo de In_dolências

Mundo de In_dolências

Essa flagelada alma…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 11 dezembro 2017 às 7:58 — Sem comentários

Morte da Alma

Morte da Alma



Esta melancolia sem…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 11 dezembro 2017 às 7:00 — Sem comentários

* Lindo seria se a lua se deitasse com o sol poente, engravidando luzes, parindo estrelas*

Chegas sempre embebedando as madrugadas,

Como o sol da meia noite, adornando o paraíso em mil cores,

Curvando os lábios cegos, a entrelaçar pequeninas flores,

Exalando o perfume que enfeita o peito, em fé emaranhada...

Deixei ha tempos de esculpir a saudade passeante que me…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 10 dezembro 2017 às 21:18 — Sem comentários

Poemini

POEMINI 



Zigue-zague da vida

Alucinantes tons...…



Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 9 dezembro 2017 às 8:00 — Sem comentários

Poemini

Poemini

Rosários de sonhos…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 9 dezembro 2017 às 7:54 — Sem comentários

Súplica

Súplica

Não me analise,…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 9 dezembro 2017 às 7:50 — Sem comentários

*Abrigo*

Troquei o caminho.

Hoje renasço dentro do teu olhar,

E habito no mais profundo do teu peito.

Seguras minhas mãos com docilidade,

Num transbordamento tal - e tão inesperado -

Que minha pele revela-se como oração destemida.

Passo a ignorar a nuvem que encobre os…

Continuar

Adicionado por Angela Regina Lazzari em 8 dezembro 2017 às 20:31 — Sem comentários

Sonhos

 Sonhos

Dentre névoas de céus…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 8 dezembro 2017 às 15:30 — Sem comentários

Densa neblina

Adicionado por maria jose zanini tauil em 8 dezembro 2017 às 12:17 — Sem comentários

"Please"

"Please"

Porquanto…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 8 dezembro 2017 às 10:29 — Sem comentários

Rasura

Rasura

A tinta manchou o papel em branco

Mudou o poema que nunca existiu

Até pensei que fosse pintura do destino

A rasura do amor que eu não escrevi

VNoblat…

Continuar

Adicionado por Verônica Noblat em 8 dezembro 2017 às 8:45 — Sem comentários

Versos mudos

Versos mudos

Esconda-me nas vias dos teus seios

Confunda-me entre eles

Perca-me de vista,

Investindo-os desnudos

Nos versos mudos que meus lábios carnudos

Declamam p’ra você, sem nada dizer



Finja que se aborreceu e esquecida,

Deixa-me habitar onde reside os poemas ardentes

Prenda-me para que eu não perca a rima

Dance sobre minha inspiração

Não se apresse na prece dos teus desejos

Envolva-me devolvendo…

Continuar

Adicionado por Verônica Noblat em 8 dezembro 2017 às 8:42 — Sem comentários

Missão

Missão



Indizível____________ tão profunda quanto o branco que se entrega

E sem saber se faz, brincando com meus pensamentos brandos

Que nada sabe dela

E desliza no deserto como vento sem represa

Desvirginando a brancura inspiradora com seus traços delicados

Como se soubesse chover, suas úmidas palavras intactas

Fecunda o sagrado de minh ‘alma e floresce lírica,

Tímida,…

Continuar

Adicionado por Verônica Noblat em 8 dezembro 2017 às 8:30 — Sem comentários

Beleza Morta

Beleza Morta

Ei-la!…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 7 dezembro 2017 às 7:57 — Sem comentários

Pedaços de Mim

Pedaços de mim

A colorir meus medos,…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 6 dezembro 2017 às 18:27 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Editora Casa da Poesia

         À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo