julho 2018 Posts no Blog (19)

Dourado outono

Adicionado por maria jose zanini tauil em 31 julho 2018 às 13:00 — Sem comentários

ÁTIMO

Adicionado por maria jose zanini tauil em 31 julho 2018 às 13:00 — Sem comentários

Notas sobre a depressão

Na multidão: solidão.

Gelo, inverno? Inferno!

Além da conformação?

O vazio e o medo eterno.

O caminhar falecido.

Andar em vão: labirinto.

Sofrimento merecido.

Guardar-se em seu recinto.

Existir sob sofrimento.

Resta, prazer masoquista,

Da vida, o último alento.

Da angústia anarquista,

Desejo de livramento,

Como última conquista.

Autor: Erick…

Continuar

Adicionado por Erick Pereira da Silva em 30 julho 2018 às 0:53 — 1 Comentário

Sombra

Sombra

Se eu quisesse, poderia conhecer

Diversos corpos quentes, que buscam um par de ouvidos

Mas nem que conhecesse todos

Nunca serei o bastante, nunca serei

Nunca farei parte dos demais

O meu lugar na terra foi roubado

Por um esboço do caos que deixei

Quando me instalei nas vidas de quem amei

A verdade é que meu tempo na terra não perdura

Tanto quanto minha teimosia

"Prerrogativa de uma mulher bela como tu és"

Se eu…

Continuar

Adicionado por Veronica Souza em 28 julho 2018 às 17:30 — Sem comentários

Continuar

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 23 julho 2018 às 21:42 — 2 Comentários

Recordações

E hoje o dia está frio

Os sonhos fragilizados,

E olho pela janela

Mais tudo parece parado.

Ah não ser uma neblina

Que continua a cair.

E a saudade em meu peito

Parece me distrair.

Surge lembranças antigas

E me vejo uma criança,

Brincando com meus amigos

Em uma grande festança.

De repente estou eu

Numa roda de crianças,

E vovó contando estórias

Ai que bonita lembrança!

Mais olho pela janela

E já sou… Continuar

Adicionado por Lucicleide Alves em 22 julho 2018 às 21:25 — Sem comentários

Minha alma chora

Minha alma chora,

Meu corpo padece,

Meu coração dói,

Minha face se entristece.

Sinto_me cair no chão

Meu corpo amortecido,

Procurando explicação.

E entre as lágrimas insistente

Eu olho pra minhas mãos,

Vejo que estão trêmulas.

E percebo que meu corpo

Também encontra forças

Fico ali sem reação.

Ouvindo meus batimentos,

Pulsando forte em meu peito

Encontra_se meu coração.

Em um inverno tão frio,

Mais ainda saí… Continuar

Adicionado por Lucicleide Alves em 22 julho 2018 às 20:59 — Sem comentários

Amigo

É aquele que te escuta
Quando vem desabafar.
Que te oferece o ombro
Quando começas a chorar.
Que enxugas tuas lágrimas
E também te faz sorrir.
Mais se for preciso diz:
Umas verdades pra ti.
Mesmo que sejas
O que não queiras ouvir.
Pois o verdadeiro amigo
Quer sempre o melhor pra ti.

Cleide Alves

Adicionado por Lucicleide Alves em 22 julho 2018 às 20:37 — Sem comentários

Valor das Pequenas Coisas

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 22 julho 2018 às 15:24 — Sem comentários

Valor das Pequenas Coisas

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 22 julho 2018 às 0:25 — Sem comentários

Convite

Adicionado por Ana Pires Brandau em 20 julho 2018 às 21:27 — Sem comentários

Você

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 17 julho 2018 às 22:31 — Sem comentários

ALMAS GÊMEAS

ALMAS GÊMEAS

(Genaura Tormin)

De quantas existências

Somam o nosso passado,

Nesse amor cumpliciado

No vagar do tempo?

Já fomos namorados,

Amigos, parceiros, ferrenhos desafetos.

Enfrentamos tantas dificuldades,

Tantos desafios,

Na busca da eterna felicidade.

Já foste meu pai,

Meu algoz, meu patrão,

Meu capataz,

E até meu irmão.

Em todas as existências

Lá estávamos nós juntinhos,

Aparando…

Continuar

Adicionado por Genaura Tormin em 14 julho 2018 às 0:01 — Sem comentários

Voo do tempo

Voo do tempo

O tempo passa célere
fazendo os dias voarem.
O que era ontem
hoje já não é
e amanhã tudo estará longe.
Nada é como antes
e a cada dia
o ontem se distancia.
O que ontem fomos
hoje já não somos.
Tudo passa
com o tempo que corre.
Neblina, fumaça...
de uma história que morre.

Ana Pires Brandau

Adicionado por Ana Pires Brandau em 9 julho 2018 às 19:30 — Sem comentários

Continuar

Adicionado por Genaura Tormin em 9 julho 2018 às 18:42 — Sem comentários

POEMA RECLUSO



POEMA RECLUSO

(Genaura Tormin)

No horizonte,

Moribundo se curva o sol poente.

Um dia a mais passou sem que eu te visse.

O poema recolheu-se medroso

Ao frio de minha tristeza.

Tudo extremamente só!

Os momentos se arrastam

E a nossa música agoniza, …

Continuar

Adicionado por Genaura Tormin em 9 julho 2018 às 18:00 — Sem comentários

PÁSSARO SEM ASAS CHEGOU AO FIM

PÁSSARO SEM ASAS CHEGOU AO FIM

(Genaura Tormin)

Concluída, enfim, uma história verdadeira,

um acalanto a esse nosso altruísmo aguerrido

de seguir no front das muitas batalhas

que nos fizeram vencedores

Últimas palavras!

Deponho as armas, guardo a caneta, fecho o livro!

Chegou ao fim!

Sentar-me-ei para refletir e agradecer a cada um

dos leitores que me seguiram nessa jornada.

Valeu a pena essa minha caminhada por aqui!

E…

Continuar

Adicionado por Genaura Tormin em 9 julho 2018 às 15:44 — 1 Comentário

Valor das Pequenas Coisas

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 3 julho 2018 às 22:46 — Sem comentários

Desafio A Casa 17

Adicionado por Maria Socorro de Sousa em 3 julho 2018 às 22:42 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo