abril 2017 Posts no Blog (100)

Eis que...

EIS QUE...

Tu que desenhaS…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 30 abril 2017 às 13:30 — Sem comentários

Crias

Crias

Quando pari minha primeira cria

por volta dos meus nove anos,

foi uma espécie de agonia.

Porque parecia insano

a professora achar que eu mentia.

Mas segui parindo

até chegarem aquelas crias,

aquelas duas crias lindas

que trouxeram ao meu mundo alegria!

Após a chegada destas duas belezuras,

segui a vida desfrutando

e fazendo travessuras.

Cantando, sorrindo ou chorando,

mas parindo outras tantas crias,

que dão…

Continuar

Adicionado por Ana Pires Brandau em 29 abril 2017 às 21:37 — Sem comentários

Crepúsculo

CREPÚSCULO…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 29 abril 2017 às 12:31 — Sem comentários

Fotopoema

Fotopoema

Almas que se…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 29 abril 2017 às 12:00 — Sem comentários

Por paixão aos versos...

Por paixão aos versos...

Busquei uma forma mais atrevida

Vislumbrei teu corpo

Admirei teu verso

Enamorei teu rosto

Li por tuas linhas...

Por uma forma mais acanhada

Vislumbrastes meu jeito

Admirada e sem jeito

Não pôde...

Não teve saída...

Leu-me, entre linhas...

Entusiasmei-me pelo fato

Apostei na sua atenção

Não pude...

Não tive saída...

Escrevi-te em resposta

Por paixão aos versos...

Mandei um…

Continuar

Adicionado por LINEU CARLOS CUNHA MATTOS em 29 abril 2017 às 0:51 — Sem comentários

Poemini

Poemini

Laivos de paixão

Em irrefreável sedução...…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 28 abril 2017 às 19:30 — Sem comentários

De repente



De repente

De repente,

não é meu esse brilho de ternura

que reluz fugaz em meus olhos

quando me olho no espelho.

Porque a rudeza interrompeu

a ternura que se perdeu.

De repente,

não é meu esse riso

que ecoa feito guizo

na noite eterna da solidão

dos…

Continuar

Adicionado por Ana Pires Brandau em 28 abril 2017 às 17:02 — Sem comentários

Poemini

Poemini

Tombas-te a…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 28 abril 2017 às 11:45 — Sem comentários

Fotopoema

Fotopoema…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 28 abril 2017 às 10:33 — Sem comentários

Des_alento

Des_alento…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 28 abril 2017 às 10:25 — Sem comentários

Fotopoema

FOTOPOEMA

Ao recolher o…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 27 abril 2017 às 12:50 — Sem comentários

Versos em Chamas

VERSOS EM CHAMAS…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 27 abril 2017 às 10:51 — Sem comentários

Exaustas Melancolias

EXAUSTAS MELANCOLIAS…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 27 abril 2017 às 10:30 — Sem comentários

Meiguice

À minha filha Laura Pires:

Meiguice

Tenra, leve e frágil,

tão cheia de encanto.

Com uma existência nada fácil,

te assemelhas à margaridas no campo,

tremulando ao vento,

com uma aparente fragilidade.

Resistindo às transformações do tempo,

inundas minha vida de felicidade.

Pequerrucha de grandes olhos tristes

que me fitam tão meigos e carentes...

O que será que existe,

que te deixa assim constantemente?

O que será que…

Continuar

Adicionado por Ana Pires Brandau em 27 abril 2017 às 9:30 — Sem comentários

Sinfonia do Silêncio

SINFONIA DO SILÊNCIO…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 26 abril 2017 às 10:00 — Sem comentários

Fotopoema

Fotopoema

Imagética linguagem

Em tons de maresia…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 26 abril 2017 às 9:56 — Sem comentários

Como Onda ...

com som…

Continuar

Adicionado por Waulena d'Oliveira Silva em 26 abril 2017 às 5:00 — Sem comentários

Numa madrugada qualquer...

Numa madrugada qualquer...

E eu, todo perdido de paixão

Olhando aquele olhar inquietante

Sublime compostura essa sua

Que me soa…

Continuar

Adicionado por Renato Baptista em 25 abril 2017 às 19:52 — 1 Comentário

Matiz



Matiz

O raio tímido de sol

que ficou da pálida manhã,

breve e indiferente

por sobre a vida passou.

Foi um momento inseguro,

talvez até inconsistente

que na manhã pousou.

Brilho no frio obscuro,

reluzindo no cristal...

uma réstia de luz

mesmo que…

Continuar

Adicionado por Ana Pires Brandau em 25 abril 2017 às 19:37 — Sem comentários

Repentinos Versos

REPENTINOS VERSOS…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 25 abril 2017 às 10:34 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Editora Casa da Poesia

         À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo