Todas as mensagens do blog (2,754)

Lapso de tempo

Vida – Um lapso de tempo

Nasci num lapso de alegria. Num momento de euforia!

Cercado de carinhos percorri resoluto meus caminhos!

Ao meu lado fez-me companhia a felicidade, e, o amor...

Jamais me faltou ânimo, e, vislumbres de conquistas da

Honra, ética, e, educação como formação de família!

Ao meu derredor estiveram amigos, e, anjos da guarda;

Jamais andei por penhascos à beira de abismos!

Meu caráter formatou minha consciência na…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 29 setembro 2020 às 1:41 — Sem comentários

Candura

Candura e docilidade

Quão cândido é o amor do Senhor!

Seu amor é doce, perfumado...

Ele é pleno de graças ,e, bênçãos

Aos seus filhos humanos!

Seu Espírito é dócil hóspede

De nossa alma!...

Foi-nos dado em Pentecostes!

Um sopro de salvação...

Línguas de fogo como depuração

Dos pecados, e, restauração da vida!

Sua docilidade ,e, candura é sua jura

De amor “In persona Christi”!

Ele não desiste,e,nisso consiste:

Na sua…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 26 setembro 2020 às 19:30 — Sem comentários

Pirlimpimpim

Pirlimpimpim

Olho para o céu... Vejo descer

Uma bruma transparente e límpida

Em divina mágica uma garoa de

Bênçãos pela vontade do Criador!

Seu pó de pirlimpimpim abrasa as

Criaturas sob a batuta da mágica

Sem a trágica tristeza cai na leveza

A bruma de felicidade e de gozo

Trazendo à Terra benesses à

Humanidade renovando esperanças

Em tempos de bonanças...

Uma varinha mágica estala num

Cantinho do céu e esparge o

Divino…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 26 setembro 2020 às 14:53 — Sem comentários

Labaredas

Labaredas do mal

A moda das queimadas pegou!

E, o terrorismo incendiário chegou...

O Pantanal e a Amazônia em labaredas

Ardem em chamas! São tramas

Ardilosas contra a pátria verde...

Fogo criminoso do inferno!

Abate do meio ambiente prosterno

Natureza aviltada... Humilhada!

Terrorismo incendiário eficaz no

Anonimato dá seu ultimatum

De ódio e maldade lançando sua

Ignominia nas matas exuberantes

Demônios apátridas…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 25 setembro 2020 às 22:40 — Sem comentários

Estigmas

Estigmas

Tantas são as feridas que marcam o curso da vida...

Cicatrizes, que levam as marcas do sofrimento...

Estigmas inerentes dos pecados que as produzem!

Sinais evidentes de fraquezas ao longo do caminho!

Mas, no carinho de Deus, nossos pecados foram

Resgatados, e, Nele ficaram as chagas de sua

Dolorosa paixão!... Ele carrega em Si os estigmas

Como marcas de salvação ao gênero humano...

Que, em caminho insano as machucam ainda…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 25 setembro 2020 às 14:38 — Sem comentários

Quando o céu se encontra com a terra Bem lá no fim do mundo, longe dos pecados humanos Há uma tênue linha, que rompe a barreira dos limites! Uma imensa luz se projeta abraçando toda a Terra, e Dester…

Quando o céu se encontra com a terra

Bem lá no fim do mundo, longe dos pecados humanos

Há uma tênue linha, que rompe a barreira dos limites!

Uma imensa luz se projeta abraçando toda a Terra, e

Desterra os fulgores de tantos amores do Pai Celeste

Num encontro de maravilhas e glórias. Um abraço

Veste nossa humanidade... E, no ingresso ao céu o Criador

Oferece nosso troféu... Doce encontro do Criador com

A criatura na busca do eterno arco-íris das cores…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 25 setembro 2020 às 13:39 — Sem comentários

Tenho pena... De você, que, nunca leu nem estudou... Tenho pena de você, que, nos infortúnios, A vida não lhe ofereceu chances culturais, E, você ficou nos umbrais da ignorância, E, na sua intolerânc…

Tenho pena...

De você, que, nunca leu nem estudou...

Tenho pena de você, que, nos infortúnios,

A vida não lhe ofereceu chances culturais,

E, você ficou nos umbrais da ignorância,

E, na sua intolerância reina sobre a empáfia

Do nada saber, e, divaga no conhecer as

Maldades, e vilipendia sua vida, e, a dos outros!

Penalizo-me de ti, que vive encastelado, e,

Na sua falta de educação, se mostra emoldurado

Pela raiva odiosa, de quem é educado,…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 23 setembro 2020 às 17:30 — Sem comentários

Cockpit

Cockpit do poeta

Assentado no seu cockpit o poeta pilota sua nave

Alçando voo nos céus das poesias, e, nas alegrias

Vem dos altos universos até à Terra dos corações!

Nos infinitos voos o poeta desvenda mistérios...

E descortina-os como num colorido arco-íris ligando

O céu à Terra num elo de fantasias...

Na sua nave somos passageiros nessa viagem,

E, vez ou outra entramos nas suas turbulências...

Do passado ao futuro vislumbra-se o…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 23 setembro 2020 às 13:58 — Sem comentários

Poema proparoxítono

Poema proparoxítono

Lúgubres sensações anacrônicas em

Esporádicos momentos coléricos!

Atávicas heranças extemporâneas

De legados exdrúxulos à cidadania!

Âncoras de ideologias bárbaras,

Efêmeras tentativas supérfluas

De estereótipos inócuos!

Ácaros escondidos no tecido social

Adoecem espaços inóspitos

Como acólitos de corruptos!

Sina política cujo antídoto

É um cenário democrático

De senso filantropo às razões

Sociais, e,…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 21 setembro 2020 às 17:30 — Sem comentários

Dolo

O dolo do tolo

Suas intenções é violar com dolo

A lei natural da inteligência...

E, com negligência produzir suas tolices

Nas crendices mentirosas sua ideologia...

O tolo é amigo das tolices!

Nas idiotices tenta vantagens

E, com má fé induz os outros

Com malévolas chantagens!

Deliberada ação de violar leis

Por ação ou omissão pratica

Com conhecimento do que faz,

E, na tola ignorância jaz!

No dolo, o tolo se…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 21 setembro 2020 às 14:23 — Sem comentários

Uma lista de graças

Uma lista de graças

Desde o amanhecer ao acordar, listemos as graças

Que Deus nos dá como um “patrimônio” perene!

Lanço meu olhar ao céu e agradeço essas riquezas!

Pelo dom de minha vida, todos os dias! A cada dia

As suas benesses que do Criador são-me ofertadas!

Minha gratidão ao alimento, que, na minha mesa

Jamais faltou, e, minha família alimentou!

O carinho de minha esposa que sempre cuida de mim!

Da sua dedicação e esmero nas lides da…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 21 setembro 2020 às 2:13 — Sem comentários

Arte de viver

Arte de viver

Molduras do viver retratam uma arte:

Arte da vida... Arte de ser, de existir...

Vivenciar o amor é ser artista vivo...

Ser pintor dos quadros vivos em

Molduras coloridas em aquarelas!

Singelas janelas abertas à arte

Rabiscada nas telas de paixões!

Todo ser humano encerra uma arte:

Foi criado para ser o protagonista dos

Seus próprios quadros pintados

Como artista emoldurado no dia a dia

De suas lides de cidadão,…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 20 setembro 2020 às 22:33 — Sem comentários

Dia da árvore

Dia da árvore

Árvore lembra caule, ramos, folhas e frutos

Construção da vida na seiva da existência

Onde Deus mesmo, se faz árvore plantada

Sobre fecundas raízes nos dá forças motrizes

Na árvore da vida e ligados ao seu caule

Estamos nós as criaturas alimentadas pela

Sombra divina, e, em ramos vivenciais...

Dos quais buscamos na sua seiva mananciais!

Tributo à “ÁRVORE” como símbolo do amor

Divino a nos manter unidos como frutos

A…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 20 setembro 2020 às 15:37 — Sem comentários

Fórum e foro Num encontro as ideias fluem... Opiniões retratam pensamentos; Ideologias traduzem posturas Intelectos mostram outras faces... Fóruns de opiniões, e, tratados Discutem o certo, e, o erra…

Fórum e foro

Num encontro as ideias fluem...

Opiniões retratam pensamentos;

Ideologias traduzem posturas

Intelectos mostram outras faces...

Fóruns de opiniões, e, tratados

Discutem o certo, e, o errado!

Confluem no pensar, e, conceber...

Destoam nas razões e acordos...

Nem sempre nos fóruns

Há acertos, e, conveniências!

No frigir de debates, os embates!

Centro político, religioso, económico e social,

Haverá sempre um…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 20 setembro 2020 às 14:54 — Sem comentários

Efusão - Crônica

Tempos de efusão

Olá amigos de fé, e, a todos aqueles, que creem em Deus! Falo nesta crônica sobre os tempos da efusão do Espírito Santo de Deus, que, a tudo renova! Jesus nos diz: - “Eis que eu faço novas todas as coisas”!... E, Ele se refere a estes tempos atuais, de pandemia, que, nos aflige, e aterroriza, pra que, não tenhamos medo, pois Ele estará conosco até a consumação dos séculos!

Sim, eu vos digo, que, nos preparemos, para estes tempos finais, que, se apresentam nos…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 19 setembro 2020 às 13:54 — Sem comentários

Sextando De segunda à quinta É trampo pela sobrevivência No trabalho o atalho das Realizações e ganha pão! Senão, não se vive! Na janela de escape das pressões Todas as intenções do sextando! Tranca-…

Sextando

De segunda à quinta

É trampo pela sobrevivência

No trabalho o atalho das

Realizações e ganha pão!

Senão, não se vive!

Na janela de escape das pressões

Todas as intenções do sextando!

Tranca-se todas as cansativas

E, exaustivas atividades

Valem todas as veleidades!

Da cerva, à balada...

Das mesinhas de bares

Às praias dos mares

Duma churrascada ao

Bate papo de conversa fora!

Sextando vai se…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 18 setembro 2020 às 22:06 — Sem comentários

Poema ao poeta

Poema ao poeta

Amante das letras versadas

O poeta divaga em poesias

Concebe o amor e a vida

Com a paixão tem sincrasia!

Homem voltado às letras

O poeta avança na imaginação

Saltita como borboletas

No jardim é a sua habitação!

Poema ao poeta... Um tributo

Impoluto às ideias puras

Sem máculas literárias...

De concepções libertárias!

Sua riqueza brota na ponta da pena

No seu esquema nascem…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 18 setembro 2020 às 15:33 — Sem comentários

Di versificando na vontade... Livre arbítrio diversifica a vontade! Façamos, o que queremos, mas, não temos O direito sobre nós mesmos do abuso No uso da liberdade arbitrária, quando, Contrária ao be…

Di versificando na vontade...

Livre arbítrio diversifica a vontade!

Façamos, o que queremos, mas, não temos

O direito sobre nós mesmos do abuso

No uso da liberdade arbitrária, quando,

Contrária ao bem e à justiça!

Diversos são os caminhos da vontade...

Na poesia o poeta diversifica

Em versos diversos... Controversos!

No papel da vida ele vê o anverso

Em opostos lados: O bem e o mal!

Di versificando na vontade andamos

Por…

Continuar

Adicionado por Jose Alfredo Evangelista em 18 setembro 2020 às 12:35 — Sem comentários

EIS A QUESTÃO...

EIS A QUESTÃO...

Subindo lento

Nas espirais ondulantes do ridículo da…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 18 setembro 2020 às 11:36 — Sem comentários

SELVA DE PEDRA

SELVA DE PEDRA

O pecado transfigura a existência em agruras

Afastando-se da selva intrépida,…

Continuar

Adicionado por Marilândia marques Rollo em 18 setembro 2020 às 11:30 — Sem comentários

Arquivos mensais

2020

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

</

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço