O plural da palavra arroz é arrozes.

A cozinheira fez vários tipos de arroz para o jantar.

A cozinheira fez vários arrozes para o jantar.

. O plural da palavra arroz não é usado correntemente porque se utiliza a palavra arroz como um substantivo não contável massivo, ou seja, várias partes que não se podem contar mas que funcionam como um conjunto que pode ser medido.

O plural da palavra arroz deverá ser usado com atenção, dado que não é correto dizer dois arrozes, nem duas colheres de arrozes. O correto é: comi arroz, comi três colheres de arroz, fiz uma xícara de arroz.

Substantivos terminados em -z,:a formação do plural é feita acrescentando –es à palavra no singular.

Arroz – arrozes / Cruz – cruzes /Raiz – raízes / Xadrez – xadrezes nariz-narizes / avestruz-avestruzes/ matriz-matrizes / giz - gizes

Sendo assim, o plural de gravidez é…GRAVIDEZES.

O plural de convés é conveses.

Convés é o mesmo que deque – forma aportuguesada do anglicismo deck –, ou seja, é a «parte do pavimento superior descoberto entre o mastro grande e a proa» de um navio

Os substantivos terminados em r e z fazem o plural pelo acréscimo de es. Por exemplo: revólver – revólveres / raiz - raízes

Atenção: O plural de caráter é caracteres.

Mal- males/ Ás –ases / Retrós-retroses :

Os substantivos terminados em x ficam invariáveis.

Por exemplo: o látex - os látex.

Agora, tome cuidado com estes plurais:

Hífen (hifens- SEM ACENTO- ou hífenes),

Exceção: cânon - cânones.

Existem palavras que são usadas apenas no plural

Exemplo: as costas, os óculos, as férias, as trevas.

Existem palavras que são usadas apenas no singular (são invariáveis)

Exemplo: os tórax, as fênix.

Palavras terminadas em r normalmente fazem o plural com o acréscimo de es, sem que haja alteração da vogal tônica: mártir, mártires; fêmur, fêmures; mar, mares; mulher, mulheres; bar, bares; açúcar, açúcares; hambúrguer, hambúrgueres.

Há exceções, no entanto, como o plural de júnior (juniores) e sênior (seniores). A vogal tônica dessas duas palavras (juniores e seniores) deixa de ser o u e passa a ser o o.

O plural de caráter é caracteres, duplamente excepcional: pelo acréscimo do c antes do t (o que se deve à manutenção do traço etimológico) e pelo deslocamento da vogal tônica, que deixa de ser o a (da sílaba rá) e passa a ser o e (da sílaba te). É bom lembrar que a forma caracteres se mantém no plural de mau-caráter, que é maus-caracteres:

"Pai e filho são maus-caracteres".

Verbo ser na indicação das horas. A concordância é simples. Basta flexionar o verbo ser de acordo com o número mais próximo:

"É uma hora"; "São dez para o meio-dia"; "Eram dez para o meio-dia"; "É uma e quinze"; "São três e quinze".

Antes de meio-dia e meia-noite, o verbo ser fica no singular: "É meio-dia e quinze"; "É meia-noite e meia".

Usa-se o mesmo raciocínio quando o verbo ser é antecedido de um auxiliar:

"Devem ser dez para o meio-dia"; "Deviam ser cinco e quinze"; "Deve ser meio-dia e quinze".

Mel tem dois plurais:: méis e meles.

fel é outro monossílabo tônico terminado em el que admite dois plurais: féis e feles.
Portanto,perdem o acento no plural :lúmen, hífen, hímen, líquen, pólen.

BLITZ

A palavra tem origem no idioma alemão. Dessa forma, o plural é “blitze” ou “blitzen”, observando a etimologia germânica, já que o vocábulo não foi aportuguesado.

ex: PPara evitar que motoristas dirijam alcoolizados, a polícia realizou várias blitze/blitzen.

CAMPUS:

A palavra tem origem no Latim e pode ser pluralizada de duas maneiras distintas 1) A tradicional em latim – campi 2) A adotada pela Assessoria de Comunicação do Ministério da Educação do Brasil (MEC). Trata-se da palavra campus com acento circunflexo – câmpus.
ex²: A universidade possui quatro câmpus.

Exibições: 47

Responder esta

Respostas a este tópico

Bela aula. Beijinhos, minha querida Jô!

Responder à discussão

RSS

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo