A medida que crescemos adquirimos sonhos e desejos. Aos poucos esquecemos a criança que fomos, esquecemos o colorido que víamos no mundo e vamos construindo um outro mundo, com uma cara séria, totalmente diferente.  Costumam chamar a isso de tornar-se adulto ...

Então, de repente, temos um monte de compromissos, trabalho, contas a pagar, coisas a comprar. Passamos a viver de acordo com o que esperam que sejamos, ou ...  que “tenhamos” ...

E isso é um pesado fardo para muitos ! Muitos perdem o contato com suas próprias essências ! Deixam de enxergar a si mesmos, porque tornam-se um repositório de obrigações e metas a bater  -  precisam ser bem sucedidos, precisam comprar tal carro, casa em tal lugar, fazer essa ou aquela viagem  “x” vezes no ano, etc etc etc

Ou seja, o indivíduo que cai nessa armadilha torna-se prisioneiro daquilo que ainda não comprou ...

Há um sentido nisso tudo ? E o que é feito daquela criança que queria apenas correr atrás de borboletas, ou pisotear as poças d’água, ou tomar banho de chuva ?... Daquela criança que sabia quais eram seus amigos, os parceiros daquelas artes todas ?...

Crescer sempre deve significar perder ?!...

Penso que não. Amadurecer por certo implica  assumir muitas obrigações e encargos. Mas por que não preservar aquela criança, aquela parte de si mesmo que pode sorrir e ser espontânea ?

Por que não podemos nos lembrar do que somos, ao invés de ver apenas o que temos – ou não temos, ainda ?

Reflita. Ainda se lembra o que queria ser quando crescesse ?  Se manteve fiel àqueles sonhos ?

Talvez esteja na hora de tomar uns banhos de chuvas ...

                                                                     Waulena d'Oliveira

 

Exibições: 9

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo