Encontrei um lindo lugar!

Pensei fazer um viagem
Embrulhei meus trapos
Coloquei num saco
Sai do meu espaço
Em busca de um trem
Que me levasse pra além
Pra bem longe...
Das angústias, não sei...
De tudo o que me deixa só
De todas as saudades
De todos os lugares
Pra bem longe...
Achei que estava só
Cheguei na Estação
Não era hora de partidas
Havia muita gente
Gente mais sofrida
Gente mais premida
Gente que chegava
Gente que partia
Gente que chorava
Gente que também ria...
Sem bagagens
Sem despedidas
Acho que também buscavam
Outras lidas, outras vidas...
Deixar pra trás angústias, não precisar de novas e novas partidas...
Mas não havia como ajudar
Não havia como sentar e conversar
Não havia como voltar
Não havia como negar
Não havia mais como viajar
Não havia mais como levar as minhas mais as angústias daquele povo, pra outro lugar...
O trem chegou, o povo partiu...
A estação ficou em silêncio...
Eu fiquei...
Sozinho, fiquei a pensar...
Angústias e saudades...
Descobri, há em qualquer lugar...
Tirei do saco a minha viola
Dedilhei um tom de um nota só...
Voltei pra casa...
Encontrei, um lindo lugar!
LineuMattos

Exibições: 36

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo