Em cada consciência, a sua natureza...
No canto da rua uma luz a destacar o breu da noite e a fina garoa. Logo abaixo, a curva desce e desaparece em paralelepípedos e nevoas; antes foram lavados pela chuva e pelos ventos; passada a tormenta a lua espelha na noite um brilho aos pisantes desse caminho escorregadio. Individualiza o futuro desses passos. Nem parece que os pisantes se sobrepõem as sujeiras das tortuosas ruas. Mas, alguns esperam, que o tempo se encarregue de esconder o seu lixo; assim como os mais espertos que escondem mazelas sobre seus luxuosos tapetes em salas de estar; esperam pelo desfazimento das brumas deixadas pelo seu caminho; depois, viram honorários defensores dos bons costumes. Mas sabem que não há mais tempo para inocenta-los já que há barros há lamas por suas costas.
Em outro canto há uma janela soterrada. Uma vidraça embaçada e solitária. Um posto na penumbra da solidão da noite de quem não se livrou desenterrar-se. Na escuridão a vidraça reflete parte dos mistérios escondidos nas profundezas da lama. Em outro palco há quem torça para que não hajam revelações nos dias seguintes. Como algo a esconder que paira na consciência dos que não destinam seus descartes de forma adequada. Como a dúvida não esclarecida. Como o sereno que aparentemente pode matar a sede das gramas. Mas, guarda para o dia seguinte o orvalho esperando que o sol o evapore sem consequências. É no amanhecer. Sem descanso. Sem solidão, que aparecerá naquela janela um rosto. Um semblante pedindo socorro e proteção. Ninguém lhe vê. Ninguém lhe escuta. Quem sabe o tempo a revele. Quem sabe um dia alguém perceba que aquele rosto na vidraça é o da própria natureza, tão bela, tão maltratada...
Em cada consciência, a sua natureza...
Lineu Mattos

Exibições: 11

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço