Leva-se um tempo para perceber que nem toda tristeza é triste. E você sabe por quê? Porque em algum lugar e em algum momento a tristeza deixa de ser triste porque percebe que a felicidade anda por perto de quem sempre resiste...

Visse!

Assim é porque nem toda notícia é triste...

Depois de se estar triste é que se percebe ser feliz...

Em algum lugar ou em algum momento, surpresos ou não a felicidade tromba com a gente...

Diz o popular: "não há mal que sempre dure nem dor que nunca cure".

Assim é que ser mais ou menos feliz não depende de notícia infeliz; em algum lugar ou em algum momento, sempre haverá a possibilidade de deixar a tristeza de lado... Por isso mesmo que é bom, em algum momento, perceber que é preciso ver para crer. Em outro, apenas perceber o que significa crer.

E assim é que quando alguém, em algum momento, sentir que precisa ser feliz; é porque precisa, antes, crer para depois perceber ser feliz...

E sabe por quê? Porquê nem toda tristeza é triste! E não é triste, porque a felicidade sempre ronda quem resiste...

E para repetir Carlos Drumond de Andrade, lembro o que ele disse: "ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade".

Assim é que depois de muito tempo é que se aprende a deixar a tristeza de lado porque a felicidade é a que mais tromba com quem sempre resiste...

Visse!

Lineu Mattos

Exibições: 5

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço