A fórmula do início ao fim...

Por quê em 12 só há 1?
Será que porque 1 é uno e é o início...
Então por que em 12 só há um 2?
Porque 2 é o primeiro passo do início 1 que soma mais 1...
Então por que em 3, não aparece 1 nem 2?
Por que a partir do início, 2 está em 1 + 1; personificação dos 2, que + o 1, (uno), representa-os em 3:’. (Delta)
E depois, é o 4, que é o dobro de 2?
E depois é o 5, que dobra 2 e soma 1?
Para que os 5 some novamente o 1 para representar o 6 que somando mais 1 dirá a todos o que o 7 te dirá: Confie nos sete e some mais 2...
Assim, estando em 9, multiplique por 9 para chegar aos 81; contorne sua visão ao redor do oito. Descubra que o 1 é uno porque o oito - ♾ - é o todo: é o infinito; ou seja: multiplique 2 x 4= 8; onde 4 sendo o dobro de 2, resta enxergar que a base de 2 é mesmo 1 + 1, chegamos de volta ao fim enxergando a fórmula do começo...

Essa pandemia é esquisita, faz a gente pensar em cada coisa...
Não sei não, acho que ando meio bilolando...

Kkkkk...


Lineu Mattos

Exibições: 5

Responder esta

Respostas a este tópico

A fórmula... Essa alquimia da vida, que mistura emoções sem misturar as essências da existência! Parabéns pelo texto LIneu.

Responder à discussão

RSS

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 12 da Antologia 

Volume 9 da Antologia

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

ALB/SP

</

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço