E as Juninas chegaram aqui no Nordeste, e como sempre trouxeram com elas o melhor da nossa alegria, dos nossos sabores e aromas. Trouxeram cidades vestidas de festas enfeitadas com todas as cores. E sons, muitos sons, a melodia espalhada pelo ar provoca os encontros embalados pelas sanfonas e seus acompanhantes, ninguém resiste ao forró.

A ciranda nos oferece um belo exemplo de como o mundo deveria girar: todos de mãos dadas numa dança harmoniosa que agrega crianças jovens, adultos e idosos, gente de todas as classes sociais, todos são bem-vindos para fortalecer esse círculo que gira e gira sem nenhum rastro do tal preconceito. E os festejos são tantos e tão variados que servem para todos os gostos desse povo que respira cultura e que a vivencia intensamente com a alma e com o corpo.

E viva os repentistas, o coco de roda, os emboladores, os mamulengueiros e todos que acompanham as Juninas. E viva o Nordeste!!

Zezinha Lins

Exibições: 18

Responder esta

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo