Tinha uma mulher no café e estava aparentemente em um primeiro encontro.
Uma mulher negra de olhos esverdeados, boca cor de rosa, cílios perfeitamente maquiados tais quais os de uma boneca.
Decote em “v”, preto. Ruborizada.
Passei por ela e não resisti – Moça, você é linda!
Ela agradeceu com um sorriso magnífico, os olhos marejados.
Depois distraída escrevendo essa coluna, senti um cheiro de baunilha com canela, laranja lima também. E ele veio ficando mais intenso.
Era ela vindo ate mim sorrindo – Moça, obrigada. Você me fez bem.
E foi embora.
Quantas vidas tocamos intensamente por poucos segundos? Ou quatro palavras, um sorriso ou olhar...
As vezes o pequeno é grande.

Exibições: 5

Responder esta

Respostas a este tópico

Sutilezas retratadas em palavras. Parabéns amiga.

Responder à discussão

RSS

Editora Casa da Poesia

         À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

Livros à Venda
CLIQUE AQUI

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo