Fabricio Carpinejar

Nesta semana vou falar do terceiro poeta da família. Aquele que teve a honra de somar o sobrenome do pai e da mãe e, provavelmente ser poeta deste a concepção, pois imagino o espermatozoide poetinha fazendo um poeminha para encantar o ovulo poesia para conceber FABRICIO CARPI + NEJAR, não é uma imagem linda?
Nascido em Caxias do Sul, ( outubro de 1972), no Rio Grande do Sul, cedo mudou-se para Porto Alegre, onde estudou Jornalismo e durante o curso começou a publicar. Coleciona prêmios desde 2003 na área da poesia e prosa. Publicou vários livros. É muito requisitado como palestrante. É um poeta/escritor pop star. Alguns gostam outros não. O que seria do vermelho se todos gostassem do azul não é? Aliás, futebol também é um tema sobre qual ele gosta de discorrer.
Mas vamos às curiosidades: Chamam Fabricio de “ultimo romântico” porque costuma não poupar declarações de amor, especialmente ao conhecer e namorar sua atual esposa Beatriz (desenhou o nome dela no corte do cabelo no dia do casamento). Mas, e, principalmente porque em 2012 nas madrugadas do sul, junto com uma amiga terapeuta, criou um programa na rádio Gaúcha onde ouviam e “ajudavam” os ouvintes nas suas dificuldades relacionais. Um enorme sucesso, creio que por 4 anos. Hoje, ele mantém um canal no Youtube com o nome de Consultório Sentimental (alguém lembra algo parecido nos anos dourados do rádio?) É por aí que ele se tornou mais conhecido. Hoje participa de programas globais (Fátima Bernardes) É colunista de grandes jornais. Particularmente gosto muito de sua prosa.
Fabricio Carpinejar é uma pessoa agradável e receptiva. Para quem já teve oportunidade de estar com ele pessoalmente. Então o discurso faz jus à prática. É poeta no âmago e age com cordialidade e amorosidade.
Deguste...porque por vezes ele é direto e um tanto ácido:
Frases:
“ Desejo passar o resto da minha vida com você.
- Não, uma vida com você nunca será resto.”

“Aconselho a quem não tem tempo: apaixone-se. Perca a cabeça na guilhotina. Entregue seus pés para a espuma. Permita a cintura subir como um chafariz. Não pense que vai dar errado.
O que pode dar errado já aconteceu antes

Para quem está na mídia, com muita exposição, é apenas um pequeno ensaio e homenagem desta coluna.

by MLK 20/12/2019

Exibições: 33

Responder esta

Respostas a este tópico

Gosto muito dele...e de você!

Tive o privilégio de ler uma de suas obras neste ano de 2019. Ganhei de aniversário o Livro "Cuide dos pais antes que seja tarde". Eu amei... Ela conversa com o leitor e isso é muito gratificante! Curto muito Carpinejar...

Responder à discussão

RSS

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2020   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço