Melodias coloridas

Por debaixo do vestido, um outro mundo nascia: Uma cor melodia. Uma nova geografia desenhava-se por todos os seus poros.
Nova, visceral, regada a sangue e sumo que colhera ao longo de um caminho verde, mas sem viço.
Via-se uma mulher sensual, por debaixo de tudo, descobria não ser por igual, só sexo, só gueixa, só ideia temporal.
Sentia-se uma evocação de tempestades, comedida em céus de outono.
Superfície e sólidas paredes. Sólidas demais para sustentar apenas uma vida.
Era preciso desconstruir algumas estruturas.
Mas sentia-se um pouco melhor do que já fora antes.
Ardidos dias de solidão. Noites insones de saudade de uma paixão idealizada.
Hoje se vestira de outra mulher. Devagar, sim! Mas como a borboleta, ela precisa de um tempo bem do tamanho dela.
Debaixo de sua saia, uma cor melodia.
Outro mundo carecia!

by MLK

Exibições: 57

Responder esta

Respostas a este tópico

Metamorfose... E assim como as borboletas, uma linda transformação. Bela melodia, Maria Luiza.

Perfeito!

Responder à discussão

RSS

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo