Paulo Leminski, o poeta dos Haicais.

Pesquisando, encontrei esta perola na minha pequena biblioteca.
Nada mais atual.
Ele por ele escreveu no prefácio de um livro : “Sou neto e filho de militares, cresci com a ideia de que a guerra era a mais nobre atividade que podia se dedicar o ser humano”. Mais adiante neste mesmo prefácio ele diz, “O homem é, por excelência, um guerreiro. Seus maiores progressos estão na arte de matar e destruir. O AMOR-ANTÍDOTO é um milagre cada vez mais raro”.
Para começar um Haicai dele:

“Abrindo um antigo caderno
Foi que descobri
Antigamente eu era eterno".

Eternizou-se o poeta curitibano, nascido em 24 de agosto de 1944 e jovem ainda partiu, em 07 de junho de 1989, vitima de uma cirrose hepática.
Se auto denominava poeta marginal. Sua poesia é tida como engajada, contudo, considerado um poeta dos mais criativos, eruditos e coerentes de sua geração. Foi um incansável estudioso do poema japonês e da cultura deste povo. Era também faixa preta no Judô.
É dono de uma extensa e relevante obra.
Dentre suas atividades, criou habilidade de letrista e músico. Verdura, de 1981 foi gravada por Caetano Veloso. Aproximou-se muito da MPB, jovem guarda e tropicalismo.
Foi casado com a também poeta Alice Ruiz e com ela teve três filhos. Um dos quais faleceu precocemente. As filhas são Aurea e Estrela.
Seu pai era de origem polonês e a mãe filha de português com mãe negra/índia. Bela miscigenação corria em suas veias. Por isso talvez, os pais perceberam precocemente a genialidade do poeta.
Aos quatorze anos foi para o Mosteiro São Bento em São Paulo e lá conheceu mestres da poesia como Haroldo de Andrade, entre outros, e então abraçou sua paixão numa intensidade de imortais, durante os de seus quase 45 anos.

Viva Paulo Leminski!

by MLK 22/11/2019

Exibições: 14

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o

Volume 9 da Antologia 

Volume 8 da Antologia

 Volume 7 

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

© 2019   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço