A expressão “saber de cor” vem do francês “savoir par coeur”, que significa ‘saber por intermédio do coração’.

– Antes da ciência descobrir a real função do órgão, o coração era tido como símbolo de inteligência e do pensamento.

A expressão, ao que tudo indica, surgiu em meados do século XVI. Formada pelos vocábulos ‘savoir’ – que significa ter conhecimento ou a competência por meio de estudos – e pelo radical ‘connaître’ – que significa saber por intermédio de experiências -, a expressão ‘saber de cor’ continua, até hoje, sendo muito usada pelos falantes da língua portuguesa.

A PALAVRA COR:

Por seu turno, a palavra cor em «amarelo é a minha cor» tem origem no latim color, coloris, com o significado de «cor, tinta, tom».

Tal como o exemplo apresentado, é comum encontrarmos palavras homógrafas em português que podem causar dúvidas em relação à sua grafia, como, por exemplo:

«Come uma colher de arroz»

«Eu vou colher maçãs”

«Eu não me molho»

«O molho estava bom»,

AO estudo da pronúncia, dá-se o nome de ORTOÉPIA.

Ortoépia é a correta pronúncia dos grupos fônicos.Está relacionada com: a perfeita emissão das vogais, a correta articulação das consoantes e a ligação de vocábulos dentro de contextos.

Pronunciar erradamente as vogais quanto ao timbre é CACOEPIA.

- Pronúncia correta, timbre fechado cor- (de color– colorir)

-Pronúncia correta, timbre aberto – saber de cor (de memória)

Exibições: 21

Responder esta

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

      À Venda Antologia

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo