No carnaval, máscaras fazem a festa, invadem as ruas e exibem caras famosas ou sonhadas.

Homens ou meninos ganham os poderes do Super-Homem, a destreza do Homem-Aranha.

As meninas ou as mulheres adultas ganham os poderes da Mulher Maravilha, a graça da Pequena Sereia ou os malabarismos de Hannah Montana.

Anônimos invisíveis se tornam foco de mil olhares.

O ato de travestir-se não constitui privilégio humano.

As máscaras também fazem parte do mundo das letras.

As 26 criaturas do alfabeto não são 26. Graças aos disfarces, viram multidão.

Ora parecem manuscritas, ora impressas, ora cursivas, ora maiúsculas ou minúsculas. Ora com acento, ora livres e soltas. Ora representam fonemas (sons), ora outro ou outros.

É o caso do x.

Às vezes, o danado soa como CH (xadrez)

Outras, como Z: (exame)

Outras como C: (excelente)

Ou KS (táxi) (letras com dom de multiplicação)

O Português tem 5 vogais (A, E, I, O, U )

Com recursos de camuflagem, a meia dezena vira uma dúzia.

O “A” soa oral (casa), soa nasal (irmã), soa aberto (sofá) Soa reduzido (folha)

O “E” : oral (belo) nasal (bem), aberto (café) , fechado (você) reduzido (bate)

A versalidade desse quinteto enriquece a língua.

O Português é , foneticamente, mais rico que o Espanhol.

O idioma de Cervantes também tem 5 vogais. Elas são avessas a disfarces.

Entendemos mais o espanhol que eles o português. Hispanofalantes não conseguem distinguir vovô de vovó. Eles só assimilam os fonemas fechados.

Para eles, vovô e vovó se escreve do mesmo modo, (abuelo / abuela).

Beijinhos,

Exibições: 32

Responder esta

Editora Casa da Poesia

Chegou o Volume 8 da Antologia

 Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Não há aniversários hoje

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo