A TEIA

FOTO: Maurizio De Angelis

A aranha tece sua teia enquanto eu olho o mundo.
Tento entender sua grandeza,comparando minha pequenez diante de tudo
até mesmo da aranha.Tudo se encaixa perfeitamente neste fervilhar de idéias onde a energia torna-se parte real da nossa existência, consolidando até mesmo a teia da aranha. Fazemos parte dessa teia, assim como a aranha que esta integrada em seu próprio tear, fiando e tecendo seu próprio destino. Nós fiamos e tecemos nossas dores e nossas alegrias nestas rocas assim como aranhas. Somos então, as aranhas verdadeiras, penduradas em nossa teia alimentando nossa diminuta existência na energia capturada em cada fio da teia. E assim fazendo, tecemos mais a cada dia e mais fiando mais aumentamos a teia, mais energia será capturada, então, quanto mais eu capturo, mais eu gero e mais sou capturada fechando o ciclo da energia emanada de uma fonte semelhante.

Exibições: 21

Responder esta

Editora Casa da Poesia

 Chegou

o Volume 7 da Antologia!

                VOLUME 6 

    

PARCEIROS

Nas Redes Sociais

                          CLIQUE AQUI

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Acesso ao CHAT da Casa

              Clique Aqui!

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Casa da Poesia*.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo